Tá na moda ser fotógrafo

20:47

   

     Hoje em dia qualquer um que tem uma Tekpix em casa já se autodenomina fotógrafo profissional e sai por aí querendo fazer books. Isso não é errado, afinal todo tipo de atividade exige "treino". O que eu acho errado é você querer cobrar por isso. Quer ter cobaias? Faça de graça, assim os dois saem ganhando ou não. Admito que não entendo sobre fotografia, porém creio que nem sempre quem tem os melhores equipamentos serão os melhores fotógrafos, mas o pior de tudo é quando a pessoa não tem equipamento e muito menos talento.
     Com certeza posso afirmar que hoje o termo "fotógrafo" está banalizado, as pessoas não procuram exercer a arte em si, mas sim um status. Tenho a impressão que o único objetivo é atualizar o campo "Profissão" do Facebook. Conheço muitos "fotógrafos de facebook", porém poucos com talento. Poucos pensam em estudar a arte, se especializar, ir em busca de conhecimento, de criar trabalhos diferenciados. O que eu vejo são pessoas com câmeras fotografando caras beijando a barriga da esposa grávida, ou mulheres deitadas olhando pra trás com olhar sensual encarando a câmera. Ao meu ver esse tipo de fotografia já fez muito sucesso... lá nos anos 90! Com excessão de quem trabalha para noticiários, penso que hoje não basta só atender ao pedido do cliente, acho que tem que mostrar um diferencial, buscar destaque, caso contrário, será só mais um na multidão que acabará sendo contratado apenas para fotografar piriguetes na balada.
   

That's all folks! Isso é tudo pessoal!

Você também poderá gostar de:

2 comentários

  1. Uau ! Parabéns pelas palavras muito bem ditas.
    Ter uma câmerazinha e cobrar por fotos também é um absurdo pra mim!
    Mas o "fotografar piriguetes na balada" foi ótimo ! kkkk

    Beijos
    mizysouza.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. ôooooooo mas ta viu!
    Concordo super contigo!
    E olha se eu fosse viver disso ia morrer de fome, pq nem do cel eu consigo tirar foto boa xD

    ResponderExcluir

Deixe sua teoria sobre o assunto!