Coisas irritantes que as pessoas fazem no trânsito

23:45

Olá pessoas! Chegando aí mais um post mais polêmico que mamilos, por isso apertem os cintos que a viagem é longa (e o texto também)!
Como alguns de vocês sabem, eu continuo sendo a pobretona que vai trabalhar de bike todos os dias por não ter dinheiro nem pra comprar um fusca. Se bem que hoje em dia um fusca deve estar custando caro mesmo, a nível de relíquia. Mas enfim, mesmo não tendo um carro, eu me irrito com frequência no trânsito, pois ciclista sofre, e sofre muito. Apesar de hoje em dia muitas pessoas usarem a bicicleta por questão de saúde e por ser um meio de transporte ecologicamente correto, para muitos motoristas o ciclista é apenas mais um pobretão que deve se curvar para qualquer um que estiver com a bunda dentro de um carro, tendo este a preferência  em uma via, ou não. Vou citar algumas coisas aqui que me irritam profundamente quando estou na minha bike envenenada, mas muitas dessas coisas irritam motoristas em seus veículos e com certeza alguém aí vai se identificar. Vamos lá?

✔ O carro está estacionado e o motorista decide abrir a porta de surpresa. 


Caralho! Pra quem está de carro isso já é chato, pois em vias mais estreitas, um carro que está passando pode até arrancar a porta do que está estacionado. Mas pra quem está de bicicleta é muito pior, pois o prejudicado é o ciclista que além de ser atingido por uma porta, poderá cair e ser atropelado por outros carros se a via estiver movimentada. Muitas pessoas deveriam pelo menos olhar no retrovisor antes de chegar abrindo a porta de supetão, e o pior são as que abrem a porta toda, como se fosse sair o Jô Soares lá de dentro, mas na verdade ela só está com preguiça de segurar a porta. Infelizmente não são todas as cidades que contam com uma ciclovia, portanto esse tipo de problema é bem frequente.
Talvez pra você motorista isso não faça tanta diferença, mas os ciclistas sofrem muito com isso, pois apesar da orientação de que temos de ficar a 1 metro de distância dos carros isso nem sempre é possível, pois ao tentar nos esquivar de um "obstáculo" nos deparamos com outro. O fato é que, se a bike fica mais para meio da pista atrapalha os veículos, e se vai para o canto corre o risco de ser atingido por uma porta abrindo. E sim, isso já aconteceu comigo, mas por sorte não foi nada grave. Ah, e pra quem continua achando esse fato algo sem importância, saiba o que o Código de Trânsito Brasileiro tem a dizer sobre isso:


Art. 49. O condutor e os passageiros não deverão abrir a porta do veículo, deixá-la aberta ou descer do veículo sem antes se certificarem de que isso não constitui perigo para eles e para os outros usuários da via.


✔ Pessoas que saem da garagem sem verificar se há pedestres ou tráfego nas ruas. 
Imagine só o estrago lindo que seria se você estivesse na avenida em seu automóvel e de repente sai alguém de alguma garagem a todo vapor, sem se importar com quem já está na estrada, e vocês acabam colidindo! Ou imagine que você é um pedestre e acha que está seguro caminhando pelas calçadas mas é surpreendido por alguém metido a "velozes e furiosos". Infelizmente isso acontece com frequência, mais do que podemos imaginar, portanto todo cuidado é pouco, principalmente para pedestres. Aliás, como se já não bastasse você ter a chance de ser atingido por um carro, fique atento também aos portões eletrônicos, alguns modelos são bem ameaçadores para pedestres distraídos.

✔ Pedestres que atravessam as ruas sem olhar para os lados
Quando criança assisti a uma palestra na Semana do Trânsito e nunca esqueci o que ensinaram sobre a "faixa de retenção", que fica antes de algumas faixas de pedestre (nem todas tem) e obriga o motorista a parar, caso contrário, não é porque você está na faixa que tem total direito de desfilar como se estivesse no São Paulo Fashion Week. A pessoa chega "se enfiando", e ainda acha que está com a razão (famoso "pega o bonde andando andando e quer sentar na janelinha). Bom, pelo menos tem gente que atravessa na faixa, porque o que tem de gente que desafia a morte não é brinquedo não! E por falar nisso...



 Pedestres que não atravessam na faixa. 

Estes além de folgados não tem medo de morrer. Acham que "ahh, é só dar uma corridinha e já estamos do outro lado da rua". Pensam que carro nenhum vai passar por cima. E acreditem, eles não atrapalham só carros, mas os ciclistas também. Imagina a seguinte manchete: "Ciclista atropela pedestre e caminhão passa por cima dos dois". Como diria aquele personagem de Todo Mundo Odeia o Chris: Trágico.

 Não dar sinal/seta. 
A pessoa resolve virar pra esquerda, ou direita, trocar de pista, mas sinalizar que é bom, nada! Quando eu vejo um motorista em carro super 0km fazendo isso (ou melhor, não fazendo), fico me perguntando: "Será que este modelo de carro não vem com sinal?" Mas até onde eu sei, sinal vem de fábrica né gente! E quando é um carro super velho eu imagino que o sinal esteja estragado, pois não é possível que a pessoa tenha preguiça de fazer uma coisa tão simples, que pode evitar atropelamentos e acidentes. Bom, como diz aquela famosa frase: "Seta não é cu, pode dar sem medo"! Então vamos dar sinal galera, ninguém aqui tem bola de cristal!


 Pessoas que buzinam loucamente por qualquer motivo. 
Lembro de uma das questões da prova teórica de CNH sobre buzina, e uma das alternativas era: "Usamos a buzina para chamar a atenção de um amigo". Hoje vejo que com certeza muita gente errou essa questão, e talvez por isso usam a buzina até pra espantar mosca do para-brisa. Vai ser irritante assim lá na casa do Carvalho!

 Motociclistas que empinam a moto e fazem barulho com o escapamento.
Vocês podem achar que sou cruel demais, mas toda vez que vejo alguém empinando a moto, torço para que o infeliz caia. Já sobre os canos de descarga, algumas motos já vem meio barulhentas de fábrica, mas o que dizer sobre o camarada que tem uma CG125 e resolve estourar o cano pra fazer aquele barulho horrível? E o mais engraçado é que geralmente quem gosta de fazer barulho com o cano de descarga é a mesma espécie que empina a moto. Alguém me explica onde está a graça disso?

 Carros rebaixados com som auto. 
Carro rebaixado já é irritante por atrapalhar o trânsito, então a pessoa sem nem um pingo de semancol coloca um som que custa mais caro que o próprio carro e aí além de atrapalhar o trânsito, obriga a todos que estão perto a escutar suas músicas escrotas no volume máximo. Não sei se vocês já perceberam, mas geralmente quem escuta boa música não coloca som exagerado no carro não. Bem, certamente o que pode ser bom pra mim pode não ser pra você, é tudo uma questão de gosto, e gosto não se discute. Mas o pior de tudo é que isso é como se fosse um combo, porque a maioria dos carros rebaixados tem som exagerado (e música ruim). E quando não é a música, é aquele barulho de lata velha arrastando no chão. Quem aguenta? Só os donos dos carros mesmo.




 Pessoas que estacionam ocupando duas vagas. 
Você fica rodando a cidade em busca de uma vaga próximo ao local que deseja ir. Quando finalmente encontra não pode estacionar porque algum "cavalo de teta" estacionou o carro igual a cara dele. Eu fico me perguntando se as pessoas não pensam nas outras, ou se tudo isso é só preguiça misturado com burrice mesmo.



 Pessoas que param o carro no meio da rua pra dar carona ou deixar o carona. 
Queridjinhos, quantas vezes alguém ofereceu carona e parou no meio da rua porque a gente aceitou né? Isso já aconteceu com todo mundo, não vamos ser hipócritas. O problema é quando a pessoa antes de entrar no carro fica batendo papo como se não houvesse amanhã. PQP! Deixa pra conversar quando estiver dentro do carro, pode ser? Ah, tem gente que faz isso quando vai sair do carro também. Sabe aquele namorado que vai levar a gatinha no trabalho, e aí os dois resolvem se despedir mas o cara não tá afim de procurar estacionamento? Pois é, aí eles ficam ali se beijando e trocando juras de amor, tudo isso com o carro parado no meio da rua. Em ruas de via é dupla tudo bem, mas como faz quando o cara de trás não consegue ultrapassar? #chateado
Aliás, esse probleminha acontece muito na frente das escolas, tanto no horário de entrada quanto no de saída. Na saída principalmente, pois os pais vão buscar seus filhinhos e os pirralhos simplesmente somem, e aí na correria pra não precisar estacionar acabam congestionando o trânsito, parando na frente e buzinando, aquela coisa linda #sóquenão.



✔ Carros que andam a 20km/h quando deveriam estar a 60km/h e vice-e-versa
Muitas vezes você está com pressa ou apenas sem paciência mesmo, e acaba se deparando com uma lesma na sua frente. Além de a pessoa andar devagar, ela ocupa metade de cada pista e não te dá chance de ultrapassar. Nessas horas até eu que odeio buzina penso em buzinar loucamente pra ver se a pessoa se toca. Já no outro caso, você está indo em uma longa avenida e um apressadinho está no cruzamento, onde a preferencial é sua. Mas o FDP chega se metendo pois estava em alta velocidade. Realmente não entendo essas pessoas, correm quando deveriam parar, e parecem tartarugas quando deveriam acelerar. Alguém me diz que existe teletransporte, por favor, nunca pedi nada!



E essas foram algumas das coisas que me irritam no trânsito (as que eu me recordo no momento pelo menos). Bem, não vou ser hipócrita ao ponto de dizer que nunca errei, provavelmente já fiz várias dessas coisinhas irritantes e nem me dei conta, e você com certeza também! Por isso que tal refletir sobre o assunto? Vamos tentar nos policiar o máximo para evitar brigas e acidentes? Vamos buscar atitudes saudáveis no trânsito e também fora dele!
E se você, o que te irrita no trânsito? Desabafa aí haha 
That's All Folks!

Você também poderá gostar de:

4 comentários

  1. AHHHHHHHH eu queria tanto andar de bike!!! Mas tenho muito medo, de verdade. Tenho medo desses loucos no trânsito, medo de levarem minha bike (aqui em Itajaí é muito perigoso e cheio de assaltos), medo de irritar gente dirigindo, medo de tudo! Mas (acho que teu post era pra ser o contrário) isso me relembrou a vontade que eu tenho de ter uma magrela hahaha. ~passando whats pro pai pra ver se ele arranja uma pra mim~

    Beijos, Menina Borboleta.

    meniborboleta.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha eu gosto de bike, mas as vezes é phoda! Ah, já me roubaram 2 bikes, sendo que uma delas estava com cadeado e tudo :/ kkkk beijinho, obg pela visita ;*

      Excluir
  2. HAHAHAHA TUDO O QUE MAIS ODEIO DESCRITO EM UM UNICO POST!!!
    SENSACIONAL AHHAHAHAHAHA!

    ResponderExcluir
  3. Quando alguém passa andando de moto aqui perto e faz barulho de tiro, sempre torço pro indivíduo depois bater em algum lugar e voar pra longe.

    ResponderExcluir

Deixe sua teoria sobre o assunto!