Do preto ao loiro | Como chegar ao platinado dos sonhos

23:27

Todas nós sabemos que mulher é um bichinho difícil de lidar, e que adoramos mudanças no visual, não é mesmo? Mas tem certas mudanças que não são tão fáceis assim, e uma delas diz respeito a coloração dos nossos cabelitchos
Eu, por exemplo, tive cabelos tingidos de preto azulado por mais ou menos cinco anos, e na hora de mudar não foi fácil, pois quem conhece bem a tinta preta, sabe que ela só sai assim na primeira tentativa se você raspar o cabelo. Mas calma! Tem outras opções sim, e eu já vou dizer quais. Aliás, hoje, depois de muita luta, consegui remover o preto azulado dos cabelos e estou me sentindo a nova loira do Tchan, (se você leu cantando, toca aqui - coisas que quem cresceu na década de 90 vai entender).
Quer saber o que eu fiz para chegar nesse tom de platinado da foto abaixo? Continue lendo! 

Meu antes e depois

1º - Tenha paciência
Logo de cara posso dizer que levei mais ou menos 1 ano pra deixar meu cabelo no tom que eu queria (porém quanto mais claro ele ficar, melhor). No caso do meu cabelo, apenas uma porcentagem dos fios está platinado, pois o processo de descoloração é feito através de touca, portanto um processo mais demorado. Paciência é fundamental, por isso se você não tiver, de duas uma: ou continua com o cabelo preto, ou fica careca tentando mudar. Não adianta querer descolorir os cabelos toda semana pois isso só vai deixar seu cabelo igual uma vassoura de palha e nem sempre trará bons resultados quanto a cor. Caso você tenha os cabelos tingidos, a maneira mais segura de mudar a cor ainda é deixar ele crescer para eliminar a tintura no corte. Mas como praticamente ninguém tem paciência pra isso, é bom lembrar que descoloração pode se tornar um pesadelo. Aliás, o que adianta ter um cabelo platinado, mas seco igual galho de árvore? Isso também vale pra você que tem o cabelo castanho natural, pois apesar de não haver tintura nos seus fios, ficar loira não é tão fácil assim quanto você pensa. 


2ª -  Cabeleireira não é santo, por isso não espere milagres
Nós estamos acostumadas a assistir na TV àquelas lindas transformações (dia de princesa, esquadrão da moda e c4ralho a quatro) onde a pessoa entra feia e sai bonita, ou chega banguela e sai com mais dentes do que um serrote, e por esse motivo muitas pessoas acham que vai acontecer o mesmo no salão: entrar morena e sair platinada. Aprendam, não é tão fácil assim como parece. Alguns cabelos recebem melhor a química do que outros, e além disso, quem tem mais fios vai ter mais trabalho. 
Se você não quer gastar nem muito tempo e nem tanto dinheiro assim no salão, ou se não quer sair de lá decepcionada, pode ir agilizando as coisas em casa mesmo. 
Para quem quer tentar tirar resíduos de tinta do cabelo, existe um produto chamado Dekapcolor. No meu cabelo não fez efeito, pois foram cinco anos tingindo, então a tinta estava grudada igual carrapato. Mas se você tingiu poucas vezes e já se arrependeu, vale a pena tentar. Outra coisa que me ajudou bastante foi puxar mechas em casa mesmo, só pra testar o quanto meu cabelo estava disposto a mudar de cor. Fazendo estas pequenas experiências em casa, consegui deixar meu cabelo num tom mais puxado para o marrom. Assim, quando fui ao salão pela primeira vez, a cabeleireira não teve tanto trabalho para deixar ele da cor que eu queria. Caso você não estiver familiarizada com esses processos, recomendo ir diretamente ao salão, pois talvez, ao invés de agilizar as coisas, pode acabar piorando tudo.
Mas lembre-se: ninguém entra no salão Scheila Carvalho e sai Scheila Mello #ficaadica (sim, tenho síndrome do É o Tchan).


A direita, meu cabelo com tom marrom que consegui fazendo "experiências" em casa. A esquerda, minha segunda ida ao salão, com luzes no papel alumínio.

3ª - Cuidar do cabelo é essencial
Como falei antes, o que adianta ter um cabelo loiríssimo se não souber cuidar? Aliás, quando o cabelo vai ficando ressecado, a coloração dele também muda. Por isso é importante hidratar, nutrir e reconstruir o que foi danificado. Isso tudo pode acabar se tornando um pouco caro, mas é essencial, pois o cabelo descolorido precisa do triplo de cuidados que um cabelo sem química.
O secador e a chapinha também são inimigos do cabelo. Eu admito que não vivo sem o secador, mas é importante saber que eles também influenciam na cor amarelada dos cabelos. Para amenizar o problema, use máscaras de tratamento na cor roxa e também shampoos desamareladores. Lembre que os shampoos roxos podem ser usados no máximo 2 vezes por semana, pois são muito fortes e acabam agredindo os cabelos também.

Dois exemplos de produtos que eu uso e recomendo. A direita o Shampoo Butterfly, custa em torno de R$18,00 e a esquerda, Nupill, custa em torno de R$16,00. Todos os dois desamareladores.

4ª - Glamour de salão não dura pra sempre
Na dica anterior, citei algumas coisas que fazem com o que os cabelos acabem ficando amarelados. O fato é que, os cuidados com o cabelo poderão amenizar o amarelado, mas dificilmente evitar 100% que ele aconteça. Bem, o ponto onde eu quero chegar é que ao sair do salão, o cabelo sai maravilhoso, brilhoso, super platinado, você se sente a Tempestade dos X-Man. Porém esse glamour não vai durar pra sempre, e lá pela segunda ou terceira lavada o cabelo vai perdendo aquela cara de "acabei de sair do salão". A culpa é da cabeleireira? NÃO, de modo algum. Na realidade isso é super normal, pois quando vamos ao salão, nosso cabelo além de descolorido é matizado, ou seja, é feito um processo para que o cabelo fique em determinado tom, mas que aos poucos vai saindo, do mesmo modo como tintas coloridas desbotam. O que você pode fazer é além de usar os desamareladores citados antes, matizar  os cabelos uma ou duas vezes ao mês com tinta sem OX para que não agrida tanto o cabelo mas também não perca o tom que você gosta. Além de tintas, há matizadores profissionais no mercado dos cosméticos, basta dar uma pesquisada e escolher qual se adéqua melhor ao seu gosto e bol$o, se é que me entende.

Na primeira foto, cabelo ainda não lavado após o salão. Na segunda, cabelo depois de 3 meses da última visita ao salão.

Estas foram as minhas dicas para quem deseja sair dos cabelos escuros para os cabelos claros. Não é fácil, e nem barato, mas vale a pena se isso faz nos sentir melhor. Lembrando que, cada caso é um caso. O que pode dar certo no meu cabelo pode não dar no seu, e vice e versa.
Pra quem é de Araranguá e ficou curiosa em saber quem faz minhas luzes, comecei indo ao salão Ana Karla que tirou o pretão e atualmente a responsável é a cabeleireira Letícia Soares. Super recomendo seu trabalho, além do preço acessível ela ainda aceita cartão. 
Tem alguma dica que você conhece e queira me passar? É só deixar um comentário! That's all folks!

Você também poderá gostar de:

6 comentários

  1. Gosto de usar o keraton grafite misturado com creme branco para tirar o amarelado, por ser usado com creme dura bastante, custa em média 15,00 reais no mercado livre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila, que ótima dica,gostei do precinho camarada haha ;) obrigada!

      Excluir
  2. Que coragem flor, mas realmente ficou maravilhoso.
    beijos!
    www.garotadelicada.com.br

    ResponderExcluir
  3. Menina, que liiiiiiiiiiiiindo que ficou seu cabelo assim!
    Acho que combinou super com você o cabelo mais claro do que com o escuro, fica mais estiloso! :P
    Adorei viu!!!

    ResponderExcluir
  4. Vc pode me passar o contato da cabeleireira?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, você pode acessar o facebook dela clicando no nome dela ali no último parágrafo do texto (Letícia Soares, a atual cabeleireira), a moça onde eu comecei tirando o Preto de início eu não tenho as redes sociais pra passar. Espero ter ajudado :)

      Excluir

Deixe sua teoria sobre o assunto!