Pokémon GO - Uma mistura de amor e ódio entre brasileiros

21:28

O jogo mais esperado do ano chegou ao Brasil, e a cada notícia postada em sites e redes sociais, podemos ver o quanto as pessoas já estão viciadas nesse aplicativo que está fazendo o maior sucesso. 
Por ser um jogo tão falado e esperado, assim que chegou ao Brasil, eu também fui correndo baixar. A princípio não achei graça alguma, joguei por uns 5 minutos, capturei meu primeiro Pokémon e fiquei alguns dias sem jogar. Enquanto isso, mais notícias surgiam sobre pessoas que estariam largando tudo para viver como um treinador Pokémon, e também aquelas sobre acidentes por conta do jogo. Bem, resolvi dar uma segunda chance ao jogo, porém agora não dentro da minha casa como da primeira vez, mas sim na rua. Foi aí que eu vi a "graça" dele. Poder capturar bichinhos que surgem do nada na sua frente é realmente muito legal. E aí então descobri o porque tantos acidentes estão acontecendo, pois no primeiro pokémon que eu avistei na rua, saí correndo para capturá-lo e quase esqueci que estava numa avenida movimentada e haviam carros vindo em minha direção! É, eu poderia ser atropelada, quem sabe morrer, por isso deixei aquele pokémon escapar, mas pelo menos eu ainda estou viva e inteira.
Assim como qualquer jogo, pokémon GO pode se tornar um vício, e para certas pessoas que não sabem como se controlar, isso pode ser prejudicial a saúde. Porém as pessoas esquecem que ficar horas na frente de um computador atualizando a página do Facebook também é um vício e também é prejudicial a saúde. Ficar horas e mais horas no whatsapp jogando conversa fora também é doença, e pior, ainda chamar o aplicativo de "zap zap", eu classificaria como doença gravíssima. O cigarro que intoxica pessoas todos os dias, adivinha? Também é um vício que mata. Até cuidar da vida do vizinho é doença! Mas ninguém está preocupado com nada disso, a moda agora é falar mal de pokémon GO, certo? 


Eu não sei se vocês já notaram, mas sempre que surge uma novidade no mundo afora, a tendência é junto surgir comentários sem noção sobre o assunto. É como se fosse uma moda para se enturmar. Esta semana saiu em vários sites de notícias locais reportagens sobre o jogo, inclusive relatando que várias pessoas estariam se reunindo em praças para capturar pokémons. Geralmente estas notícias são divulgadas em páginas do Facebook, inclusive nas páginas oficiais do próprio site que noticiou o fato. Lendo os comentários feitos nessas páginas, eu me espantei com a agressividade de algumas pessoas em relação a este jogo. Em uma das notícias, uma mulher comentou: "se reunir para rezar ninguém quer né?". Pera lá! Ela esqueceu que nem todo mundo segue a religião dela, e que assim como todos os vícios citados acima, religião muitas vezes também mata!
Numa outra matéria, duas pessoas comentaram o seguinte: "vão casar um serviço". Sim, a pessoa escreveu casar ao invés de caçar, ou seja, escrever certo é para os fracos, os bons falam mal de pokémon GO. 
Assim, podemos concluir uma coisa: a maior batalha que os usuários de Pokémon GO terão de enfrentar, será contra comentários sem fundamento. Se aquela mulher que falou pro provo ir rezar fosse tão religiosa, ela saberia que cuidar da vida alheia não é uma coisa legal aos olhos de Deus. E aquela outra que deu a dica de "caçar" um emprego, deveria saber que escrever corretamente conta muito hoje no mercado de trabalho, então será que ela já caçou o emprego dela? Não sou perfeita, ninguém é! E quem sou eu para criticar a opinião alheia, não é mesmo? Mas essa é a minha teoria feminina sobre este assunto. 
That's all folks!
Postado em 09/08/2016

Você também poderá gostar de:

2 comentários

  1. Eu to tacando o foda-se pra tudo sabe?
    Povo não se contenta com a propria vida e fica arrumando empecilho pra dar criar frustração pro outro.
    Só não dar moral, e quando vierem falar algo com você, nao abaixar a cabeça.
    Sobre os acidentes, muita noticia fake por ai. E outra coisa, falta de atenção de quem usa, o jogo não tem culpa disso.
    To jogando bastante e desanimada pq ainda estou em niveis baixos, e meus pokes sao fracos. Só tem um Gym na cidade e 2 pokestops. >_>

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tô no nível 3, pensa no desânimo! hahaha
      Até agora só tive sorte um dia, que consegui pegar vários, mas tem várias coisas que eu ainda não sei sobre o jogo e quando eu entro parece que os pokémons vão todos dormir e somem :(

      Excluir

Deixe sua teoria sobre o assunto!