Manual das boas maneiras no banheiro

08:15

ATENÇÃO: O texto a seguir contém frases fortes. Caso você sinta nojo com facilidade, não leia. Obrigada. Vamos ao textão!

Gente, ir no banheiro é "mó gostoso", né não? Diz aí, quantas vezes depois de ter tomado algumas cervejas, a sua bexiga começou a pedir pra ser esvaziada e obviamente o primeiro lugar que você pensou é no banheiro. A menos que você esteja em alguma festa ao ar livre e todos os banheiros estejam lotados, aí você resolve procurar um matinho pra urinar, mas melhor deixar pra lá essa parte. Mas falando ainda das maravilhas que o banheiro nos proporciona, que tal lembrar daquela puta dor de barriga que te deu, e você teve que ir correndo pro trono? Isso não é lá uma coisa muito boa, mas o fato é que se você está em casa, acaba transformando o banheiro num verdadeiro palácio, com direito a livro ou revista pra passar o tempo, ou até mesmo o celular. E aquele banho gostoso e quentinho? Depois de um dia longo de trabalho, nada melhor que chegar em casa e tomar um banho pra eliminar o stress e a sujeira. 
Bem, até aqui só foram ditas coisas boas sobre o banheiro, mas o fato é que algumas pessoas ainda não aprenderam a usar ele de uma forma digamos que, "pacífica" e harmoniosa a todos, se é que me entendem. Seja na escola, no trabalho, ou até mesmo em casa, sempre vai ter aquela pessoa que além de porquinha é folgada e acha que "não é obrigada a nada". Isso inclui colocar papel higiênico no suporte. Sim, parece ser uma coisa idiota, mas eu fico muito irritada quando chego no banheiro e vejo essa cena:

Obviamente, se você está num local público, por exemplo um restaurante, você não vai sair dizendo: "ei, funcionários, onde tem mais papel, acabei com o rolo todo e tem que repor". Não, com certeza ninguém faz isso, e ninguém é obrigada. Mas se você está em casa, ou em seu próprio ambiente de trabalho (caso seja uma empresa pequena), acho que não custa nada repor o que foi usado, afinal a próxima pessoa que entrar no banheiro pode estar tão apurada que quando perceber a falta do papel pode ser tarde demais, se é que me entendem.
E por falar em papel, outra coisa irritante é gente que joga o papel na lixeira de qualquer jeito, principalmente se o papel estiver sujo daquilo que sai do seu orifício anal ou daquela coisinha que faz com que as mulheres fiquem de TPM, sacou? É, imagina você abrir a tampa do lixo e dar de cara com um pedaço de papel todo cheio de sangue, ou ainda, um absorvente que mais parece a roupa de alguém que acabou de ser esfaqueado. Você achou nojento só de pensar? Então se você é mulher e está lendo isso, saiba que dá pra jogar o papel ou absorvente no lixo sem causar ânsia de vômito nas demais pessoas que usarão o banheiro. Aliás, que bom que você joga no lixo, se é que joga. Porque sim, existem pessoas que jogam absorventes e papel na privada, mesmo com o lixo do lado, dá pra acreditar? Papo nojento né? Calma, pode piorar (dependendo do seu ponto de vista). 


As mulheres vivem reclamando que os homens são "imundos" no banheiro. Levantam a tampa do vaso e não abaixam, e além disso não controlam o "amiguinho" deles e fazem xixi até onde não deviam. Bem, eu sou mulher, e eu concordo com esse tipo de reclamação. Mas o fato é que muitas mulheres fazem coisa parecida. Diversas vezes ao usar banheiros exclusivamente femininos, me deparei com cena semelhante: pingos de xixi sobre o acento do vaso. Muitas mulheres sentem nojinho de usar um banheiro público, por isso muitas vezes nem sentam de fato, pra não haver contato com a privada. Mas se os homens costumam usar aquele ditado que "o último pingo sempre cai na cueca", é de bom tom mulheres ficarem ligadas pois o último pingo pode cair no vaso. Dica: forre o vaso com papel higiênico, muita gente faz isso que eu sei (inclusive eu), e cria a falsa ilusão que estamos mais seguras das bactérias da privada.

Uma coisa que eu nem preciso comentar, é de gente que não dá descarga. Seja no xixi ou no número "2", não dar descarga é a pior filhadaputagem feita nesse tipo de ambiente. O pior de tudo é quando você chega num banheiro e percebe que a pessoa deu descarga mas o cadáver não desceu. Numa situação dessas eu fico imaginando o que aquela pessoa tem comido ultimamente pra que o sistema digestivo dela produzisse tamanha aberração.

Cena do filme "Transpotting". A cena em si não tem nada a ver com merda, mas achei legal colocar aqui.
Agora, entrando nos "finalmentes", vamos falar daquele povo que ainda não se tocou que sabonete e pelos pubianos não combinam. Aliás, pelos pubianos e cabelos (da cabeça, de cima), não combinam no sabonete, não combinam na pia, não combinam no ralo, definitivamente, não combinam com banheiro. Sabe aquela frase: "sujou, limpou" ? Tente aplicar no banheiro e na depilação, vai fazer outras pessoas mais felizes, com certeza.
Bem, eu poderia citar mais um monte de nojeira que eu vejo nos banheiros desse mundo afora, mas aí vocês iam ter que ler o texto com uma sacolinha do lado, caso quisessem vomitar (se é que já não fizeram isso agora). Caso você faça uma dessas coisas citadas no texto com frequência, saiba que no seu trabalho, na sua casa, ou em sua vida, tem alguém que te odeia em silêncio por esses motivos. 


That's all folks.
Postado em 15/12/2016

Você também poderá gostar de:

1 comentários

Deixe sua teoria sobre o assunto!