O ano está acabando, e a vida também. Aproveite!

19:26

Nunca gostei de virada de ano, essa coisa toda de "feliz ano novo, adeus ano velho", pular ondinha, gente metida a artista vestida de branco, piadinha do "é pavê ou pa comê" (acho que essa é feita no Natal, mas enfim), sem contar nos fogos de artifício fazendo barulho desnecessário. Isso tudo não é algo que eu goste, que me agrade, ou que eu me simpatize. Já passei algumas viradas sozinha, tentando dormir pra não escutar a farra da rua, ou assistindo depressivamente o "Show da Virada" na Globo, e isso não é legal. Porém mesmo quando estou acompanhada, sinto algo estranho quando o ano está virando. Bem, eu devo dizer que EU sou uma pessoa estranha, isso já ajuda bastante, mas de qualquer forma, sentimentos e pensamentos também estranhos começam a surgir em mim.
O primeiro pensamento é: o ano terminou, logo vou ficar mais velha, e o que eu conquistei esse ano? O que eu fiz durante o ano que passou, valeu a pena? Meu esforço foi reconhecido no trabalho, ou em casa? Amei alguém? Fui amada? Evitei matar alguém?(Se sim, deveria mesmo evitar? RISOS) . Você com certeza também começa a pensar nisso tudo às vezes, não é mesmo? Muitas vezes nem precisa chegar no final do ano para que esses pensamentos venham a tona na nossa mente. 
Eu mesma, por exemplo, resolvi calcular dia desses, quanto tempo a gente "perde" em um dia. Você pode não perceber, mas perdemos um tempo valioso da vida fazendo coisas que não gostamos ou às vezes que não precisamos.


Vamos analisar: O dia tem 24 horas. Trabalhamos em média 8 horas por dia, muitas vezes em empregos que não gostamos, para comprar coisas que não precisamos. Bem, além das 8 horas trabalhadas, podemos contar mais umas 3 horas que equivalem a ida/volta e almoço, que se for analisar, são perdidas também. Afinal, o que você faz no horário de almoço? Almoça. E só! Gente, comer é muito bom, e se você tem o que comer, melhor ainda, mas já pensou em ter tempo pra comer e fazer outras coisas legais? Muito melhor, né.
Beleza, ainda teremos 13 horas para aproveitar o dia, mas como o ser humano precisa de pelo menos 8 horas de sono para viver bem, vamos subtrai-las das 13 anteriores, e com isso nosso saldo de horas para aproveitar a vida cai pra 5. Se você ainda estuda, pode-se dizer que seu dia acabou por aí. Mas se não for o seu caso, com certeza essas 5 horas que restaram vão passar tão depressa que quando você olhar pro relógio, já vai estar na hora de dormir e começar o ritual novamente (não necessariamente nessa ordem).


Aí eu te pergunto: o que você fez de bom hoje? Quais suas conquistas? O dia valeu a pena pra você? Muita gente vai dizer que não, que está cansado(a) demais pra pensar nisso, que trabalhou demais e que só quer cair na cama e dormir pra começar tudo de novo a tal rotina. Aí é que está o problema: vivemos muito de rotina. As vezes as circunstâncias da vida não nos deixam largar a rotina, mas sair da rotina é essencial. Como diria Ferris Bueller: "A vida passa rápido demais, e se você não parar pra curtir de vez em quando, ela passa e você nem vê". A vida é igual aquela cartela de adesivos que você não usa pra não gastar. E aí quando morrer, vai colar os adesivos no caixão?

Cena do filme "Curtindo a Vida Adoidado"

Não gaste dinheiro com coisas para impressionar outras pessoas, porque "coisas" se acabam com o tempo, e quanto as pessoas, muitas querem mais é te ver mal pra que elas se sintam bem. Gaste seu dinheiro e seu tempo com algo que vai impressionar a você mesmo, e claro, colecione momentos, pois estes você carrega pra eternidade.
That's all folks!

Você também poderá gostar de:

0 comentários

Deixe sua teoria sobre o assunto!